• Editor

7 ideias para conseguir mais doações online

Atualizado: 24 de Jul de 2018

03/07/2018

Crianças felizes

Independente se sua organização já tem mecanismos de doação online ou não, essas dicas vão ampliar os horizontes para conhecer as possibilidades de captação online.


1. Construa uma lista de e-mails


Tenha registrado os e-mails dos seus contatos on line é fundamental para manter o relacionamento, e gerenciar a comunicação com seus públicos.

A taxa de abertura de e-mail ainda é mais alta do que visibilidade de conteúdos em facebook e sites, então é essencial que sua organização se comunique de forma eficiente utilizando o recurso de e-mail.


Identifique com quem sua organização se comunica:doadores; voluntários, parceiros, mantenedores corporativos,colaboradores. Crie listas e pastas para cada público.

Entenda o perfil dos doadores, nem todos doadores têm a mesma motivação ao doar. Entenda melhor seus doadores, separando por perfis cada vez mais específicos.


Como conseguir os contatos?


Exporte seus contatos do e-mail em planilhas, ou cadastros. No Facebook é possível fazer o download de e-mails, quase 80% dos contatos divulgam o e-mail e a rede social tem essa funcionalidade para fornecer e-mails. Digitalize todos cartões de visitas que estoca pensando em contatos chave para a organização.


Crie formulários sign-up e plug ins de pop-up. É um formulário de cadastro que você pode deixar no seu site para as pessoas que o visitam e querem se manter informadas sobre os projetos da sua organização. Use com cautela para não parecer chato, mas é uma ferramenta que deve ser utilizada para conseguir mais contatos.


Outra ideia é sempre que fizer evento, solicitar o contato das pessoas, elas já tiveram contato com sua organização estão dispostas a receber informações sobre ela. Cadastre seu nome, e-mail e o evento que participou.

Como manter contatos?


Utilize ferramentas de newsletter/e-mail marketing gratuítos como o Mailchimp, por exemplo.


2. Receba doações através do mobile


Não há como ignorar que o hábito de fazer compras pelo celular é uma tendência.

Não é mais uma barreira informar dados pessoais para compras on line via smartfone.


Pesquisas mostram que “já em 2014 o acesso a internet por dispositivos móveis já era maior que o acesso por desktop. no Brasil, o crescimento do tráfego de dados móveis até 2018 deverá ser 11 vezes o atual, crescendo 60% ao ano”. Além disso, 59% dos usuários de smartphones fazem compras pelo celular pelo menos uma vez por mês, ou seja mais de 20 milhões de algum tipo de transação ou compra é feita por mês no Brasil.


Prepare seu site e redes sociais para uma boa aparência e divulgação na versão mobile. Além disso, as ferramentas de captação de doação devem estar disponíveis na versão para celular.

3. Faça parcerias com empresas


Muitas organizações acham difícil formalizar parcerias com empresas para captar mais doações. Mas isso pode ser vencido analisando as diferentes formas de estabelecer a parceria.


Por exemplo, uma organização conseguiu uma parceria com uma ótica que a cada compra de óculos, automaticamente um óculos seria doado para um portador de deficiência visual.

Outra forma viável é uma campanha “compre e doe”, a cada compra de um produto uma porcentagem pode ser destinada para doação.


Cada vez mais usado é a parceria de ‘matching’ - quando alguém doar R$10 a empresa doa mais R$10. Assim, intensifica a relevância da doação, a empresa faz uma ação de marketing e sua organização arrecada o dobro. Esse tipo de parceria depende mais das parceiro as do que de uma plataforma online, então totalmente possível de implantação e controle.


NÃO necessariamente a empresa precisa tomar a iniciativa. Busque empresas pequenas e locais onde tem mais chances de abraçar a ideia.

4. Conte histórias


Busque tocar a alma dos seus doadores. Conte relatos e histórias reais com depoimentos dos seus beneficiados. Busque ativar sentimentos de fé, crença na humanidade, senso de justiça e igualdade. Os doadores precisam sentir que ao doar para sua organização estão contribuindo para um mundo melhor.


Para muitos realizar uma doação é uma forma da pessoa sair da rotina e se sentir envolvida em uma história maior que almeja uma visão de futuro diferente. Veja o exemplo de como a Watsi, conta histórias em sua plataforma online.


Manter um blog, por exemplo é uma forma de contar histórias de seus beneficiados e aumentar a visibilidade da sua organização, com baixo custo ou custo zero.


5. Crie uma régua de comunicação


Automatize a comunicação com os doadores online por e-mail:


Veja o exemplo do João:


Dia o - João fez uma doação recorrente

+1 dia - Recebe uma mensagem de agradecimento

+5 dias - Envio de uma história motivadora, incentivando João a promover a causa da organização

+9 dias - Envio de infográfico/ prêmios e reconhecimento incentivando João a divulgar em sua time line.

+20 dias quem são o apoiadores da organização e como eles ajudam a alavancar o impacto

Além do e-mail, esse relacionamento pode ser feito por whatsapp, mensagens SMS, Correspondências personalizadas. Embora alguns canais não possam ser automatizados, mas sempre surte efeitos desde que uma pessoa tenha controle sobre o processo.


Ferramentas de automação: RD Station; Mailchimp; ActiveCampaing; Infusion Soft, Hubspot, outros. Pesquise e escolha a ferramenta que tem mais com sua organização.


Mesmo que no começo, decida fazer o controle manualmente, teste formas automatizadas de baixo custo ou gratuitas. Lembre-se que fidelizar os doadores é melhor que captar novos.

6. Obtenha o benefício do Google Grants


Um programa de serviço da Google que fornece trabalho gratuitos para organizações sociais.


O AD Grands é um serviço de Adwords (anúncios pagos) ferramenta de publicidade online do Google para ajudar as organizações sem fins lucrativos a divulgarem suas iniciativas e causas. O Google oferece um incentivo de até U$ 10 mil dólares por mês que devem ser destinados para otimização de suas campanhas nas páginas de resultados de pesquisa do Google. Enquanto outras organizações vão pagar ao Google por click, a sua terá subsídio para atrair muita visibilidade para a organização.


Esse benefício pode render muitas doações. Mas antes de utilizar procure informações de como gerenciar o programa para aproveitar esse benefício, como fazer os anúncios e alguns conhecimentos de marketing digital. Pode ainda contratar um profissional para este trabalho.


7. Fique ligado nas tendências


MICRO DOAÇÕES

Já tem organizações captando micro doações. O Google, por exemplo, na campanha “Google One Today” pediu doações de 1 dólar revertendo em 4 refeições nutritivas para crianças carentes. Pensar em doações de baixo custo, como 3 a 5 reais atraem mais pessoas interessadas, maior quantidade em doação.


EXPERIÊNCIAS

Outra tendência dos gringos é oferecer experiências aos doadores em troca da doação. Exemplo: Doe 50 reais e concorra a 50 chances de assistir o show do U2.


CHATBOOTS

São aplicativos de mensagem automatizada já disponíveis em fan pages.


SNAPDONATE APP

Cadastrar somente uma vez dados do cartão e doa para a organização que desejar, selecionando apenas o valor e pronto! Doações em formulários são tendência.


INTERNET DAS COISAS

A AMAZON ECO lançou um aparelho de comando direto que automatiza todas ações possíveis como fazer ligações, ligar e apagar luzes da casa ou até fazer doações. O aparelho já é sucesso entre empreendedores internacionais e no Vale do Silício, em breve estará no Brasil.


Hoje, estão disponíveis caixas de captação de recursos online para site, tablet, celular mas exija certificação de segurança e se certifique de todo trâmite de arrecadação. Utilize plataformas reconhecidas por outras organizações.



Fonte: Webinar Nossa Causa com Ruy Fortini, SEO DOARE.


288 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo